.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. DIA INTERNACIONAL PARA A ...

. VIOLÊNCIA DOS FILHOS SOBR...

.arquivos

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 25 de Novembro de 2007

DIA INTERNACIONAL PARA A ELIMINAÇÃO DA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

"Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...


Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...


Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber por quê...


Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!"

Florbela Espanca

publicado por Dreamfinder às 10:45

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Abril de 2007

VIOLÊNCIA DOS FILHOS SOBRE OS PAIS

 

A violência exercida por filhos contra pais está a tornar-se um fenómeno alarmante em Portugal. Cada vez mais, idosos procuram o seu médico de família para tratar hematomas e desabafar sobre o que os filhos lhes fazem.

Em 2006 foram conhecidos 349 casos e no ano anterior eram 252. o número de casos como se pode verificar veio a aumentar nos últimos anos, as queixas revelam uma concentração das agressões em idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos, mas existe um universo considerável de adolescentes que agridem os progenitores. Pode parecer exagerado, mas as agressões são desde empurrões, estalos, murros e pontapés, que por vezes levam a vitima a ter que recorrer a cuidados hospitalares. A violência física quando é praticada por indivíduos do sexo feminino, independentemente da idade, tende a recorrer a objectos físicos; enquanto os indivíduos do sexo masculino quando praticam agressões físicas, recorrem ás mãos e aos pés.

As vítimas por seu lado hesitam, devido há vergonha que sentem por denunciar os seus próprios filhos e também sabê-los capazes de o voltar a fazer. Mas felizmente a informação leva-os a ter mais noção dos seus direitos e que podem pedir apoio há APAV (Associação Portuguesa de Apoio à Vitima).

 Família

            Pintura de Pablo Picasso

Em 2006, num total de 5582 casos de apoio a violência doméstica, 6.3% são já de casos de agressão de filhos a pais. A maior parte das agressões a pais deve-se a filhos com problemas de adição a droga ou a álcool. Na maioria dos casos são filhos jovens que agem com violência para amedrontar e chantagear as mães que os sustentam e por isso passam a ser vitimas de roubos dentro da sua própria casa, ou então, filhos que se tornam “jovens tiranos” que tratam os pais idosos de forma indigna e negligenciam as suas responsabilidades.

O mais grave é quando a agressão chega à violação. Quando os crimes sexuais são perpetrados por filhos ou netos.

Não posso deixar de frisar que de acordo com este estudo, estes chocantes casos acontecem em famílias desestruturadas e situações ligadas à toxicodependência.

É importantíssimo e extremamente necessário que se tome em atenção este novo fenómeno que nos últimos anos tem vindo a alastrar por todo o nosso país.

 

 

 

publicado por Dreamfinder às 12:09

link do post | comentar | favorito

.links